Escola Kids

Texto de divulgação científica

  • Atualmente 5/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Texto de divulgação científica O texto de divulgação científica comporta uma estrutura específica

Levando em consideração os conhecimentos de que já dispomos, sabemos que existem textos cujas finalidades discursivas se divergem: uns servem para informar, alguns para entreter, outros para instruir, enfim... distintas são as intenções propostas pelo emissor ao redigir algo. Pois bem, amiguinho(a) usuário(a), sabendo disso, nesse nosso encontro iremos conhecer um pouco mais acerca daqueles textos que auxiliam de forma significativa no aprimoramento daquilo que precisamos saber. Estamos, pois, falando sobre os chamados textos de divulgação científica.

Pelo nome você já deve ter uma noção de que se trata de algo com base em estudos mais aprofundados, frutos de pesquisas, experimentos, enfim, de uma dedicação exclusiva por parte de quem se dedica ao ramo da ciência e resolve, sem nenhuma dúvida,   contribuir  para o avanço dela de uma forma geral, contribuindo, consequentemente, para o bem da população, concebida como um todo. Assim, em termos de características linguísticas, não é de duvidar que essa modalidade de texto trabalha fazendo uso do padrão formal da linguagem, haja vista que o intuito é repassar conhecimentos. Por essa razão,  provavelmente não encontraremos traços de pessoalidade, tal como o uso de primeira pessoa (eu) no discurso empregado nesse tipo de texto. Outro aspecto que também se evidencia no gênero em questão é a presença de termos técnicos, típicos da linguagem científica, obviamente. Assim, como se trata de um texto de exposição de ideias, normalmente ele se constitui de uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão. Dessa forma, nada melhor que nos certificarmos com um exemplo, o que acha?

O texto de divulgação científica se constitui de uma estrutura específica
O texto de divulgação científica se constitui de uma estrutura específica

Obesidade infantil pode dobrar os riscos de morte antes dos 55 anos, diz estudo

A obesidade infantil mais do que dobra os riscos de morte antes dos 55 anos de idade, segundo estudo publicado no New England Journal of Medicine. Acompanhando, em longo prazo, quase 5 mil crianças nascidas entre 1945 e 1984, os pesquisadores notaram que um quarto dos voluntários que apresentava maior índice de massa corporal (IMC) tinha duas vezes maior taxa de morte por causas naturais antes dos 55 anos do que o grupo de menor IMC. Entre essas causas, os especialistas consideraram doença hepática alcoólica, doença cardiovascular, infecções, câncer, diabetes e overdose de drogas.

“O ponto principal é que a obesidade em crianças é um sério problema que precisa ser abordado seriamente”, ressaltou o pesquisador William C. Knowler, do Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais. “O que este estudo particular mostra é que a obesidade causará o excesso de morte prematura”, completou o especialista.

Além da influência direta da obesidade infantil nos riscos de morte prematura, a pesquisa indicou que a intolerância à glicose – fator de risco para o diabetes – e a pressão alta na infância também cumprem um papel neste sentido. As taxas de morte foram 73% maiores entre o grupo de maior intolerância à glicose e 1,5 vezes maior entre aqueles que apresentavam pressão alta.

Em nota para a imprensa, o pediatra Marc Jacobson, da Academia Americana de Pediatria, destaca que o novo estudo é oportuno e importante, visto que mais de um sexto das crianças americanas estão obesas. “Ele nos dá mais dados relevantes sobre os efeitos da obesidade adolescente em longo prazo”. E, seguindo as diretrizes da Academia, o especialista recomenda a medida do índice de massa corporal em todas as crianças, e uma abordagem no estilo de vida daquelas que se apresentam obesas.

Para a prevenção, segundo ele, os pais podem usar o chamado 5210 – cinco porções diárias de frutas e vegetais, duas horas ou menos de TV por dia, uma hora de exercícios, e nenhuma ou pouquíssimas bebidas açucaradas.*

Ao estabelecermos familiaridade com o texto em questão, podemos comprovar acerca de tudo que foi expresso anteriormente.

* Texto extraído de “Clique Saúde”


Por Vânia Duarte
Graduada em letras

Avaliação

10.0

Participação: Nenhum comentário

Avaliação:

Se você quer comentar também Clique aqui


    Escola Kids

    R7 Educação