Escola Kids

Piolho

  • Atualmente 4.4285714285714/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Piolho Os piolhos foram encontrados em múmias egípcias de mais de 3.000 anos a.C

O piolho que infesta os cabelos de muitas pessoas é um inseto que se alimenta do sangue dos mamíferos e se reproduz com grande rapidez. Esses animaizinhos podem ser encontrados em todas as regiões do mundo e podem parasitar as cabeças de pessoas de todas as idades, raças e classes sociais. São encontrados mais comumente nas cabeças de crianças, principalmente aquelas que frequentam escolas e estão em contato com outras crianças.

Qualquer pessoa, seja criança ou adulta, pode ser infectada por piolhos
Qualquer pessoa, seja criança ou adulta, pode ser infectada por piolhos

O piolho é transmitido principalmente de uma pessoa para a outra pelo contato direto, mas também podemos pegá-lo através do uso compartilhado de bonés, capacetes, tiaras de cabelo, escovas e pentes. Uma vez em nossa cabeça, o piolho se instala na base de nosso cabelo e é lá que ele coloca seus ovos, muito conhecidos como lêndeas. As lêndeas têm cor branca e ficam grudadas nos fios de cabelos.

Na figura podemos observar uma lêndea presa a um fio de cabelo
Na figura podemos observar uma lêndea presa a um fio de cabelo

Ao picar o couro cabeludo da sua vítima para se alimentar, o piolho libera algumas substâncias na sua saliva que entram em contato com a nossa pele, o que causa uma sensação de coceira. Por isso, quando estamos com piolho há uma coceira muito intensa na cabeça e, em razão do ato de coçar, podem surgir feridas no couro cabeludo.

Geralmente, poucos piolhos infestam o couro cabeludo, por isso é um pouco difícil encontrá-los entre os cabelos, mas se a pessoa tiver maus hábitos de higiene, os poucos piolhos começam a se reproduzir e a infestação de piolhos piora, podendo causar anemias e até infecções.

 O piolho é transmitido de uma pessoa para outra pelo contato direto
O piolho é transmitido de uma pessoa para outra pelo contato direto

O tratamento para piolho é feito com a aplicação nos cabelos de medicamentos específicos, próprios para acabar com os piolhos, como xampus e loções, ou também na forma de comprimidos. É importante lembrar que qualquer um desses medicamentos deve ser prescrito por um médico para evitar qualquer tipo de complicação.

Outra forma de se acabar com os piolhos é utilizando produtos encontrados em casa, como condicionador, azeite de oliva ou óleo de cozinha. Para isso, basta lavar os cabelos com xampu e embebedá-los completamente com um dos ingredientes acima. Feito isso, coloque uma touca nos cabelos e deixe-a por no mínimo duas horas. Passado o tempo, retire a touca, lave os cabelos, seque e penteie com o pente fino para verificar se restou algum piolho.

Passar o pente fino nos cabelos é uma forma de encontrar piolhos e lêndeas
Passar o pente fino nos cabelos é uma forma de encontrar piolhos e lêndeas

O tratamento feito em casa mata os piolhos por sufocamento, mas eles costumam ficar grudados nos cabelos, mesmo mortos. O uso do condicionador e do óleo facilita a retirada das lêndeas, mas somente esse tipo de tratamento, assim como o feito com produtos da farmácia, não consegue matá-las, sendo por isso necessário repeti-lo mais vezes.

É importante lembrar que piolhos também gostam de cabelos limpos, portanto manter os cabelos lavados não mudará em nada o risco de contaminação. Uma forma de se prevenir desses insetos é evitando o uso de pentes, tiaras de cabelos, bonés, capacetes, lenços, presilhas de cabelo, etc. de outras pessoas.

Nas aves também podemos encontrar piolhos, mas ao contrário dos piolhos que parasitam os mamíferos, eles não se alimentam de sangue, e sim das penas das aves.


Por Paula Louredo
Graduada em Biologia

Avaliação

8.9

Participação: 1 Comentário

Avaliação:

Se você quer comentar também Clique aqui


    Escola Kids

    R7 Educação