Escola Kids

O que é totalitarismo?

  • Atualmente 5/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O que é totalitarismo? Principais líderes totalitários no século XX. Da esquerda para à direita: Adolf Hitler, Benito Mussolini e Josef Stálin

No presente texto, procuraremos analisar o que é o totalitarismo, isto é, procuraremos elucidar e esclarecer o conceito de Estado totalitário. Dessa maneira, daremos subsídio para que os leitores compreendam os regimes nazista e fascista personificados nos Estados alemão e italiano, durante a década de 1930 e durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) ─ clássicos exemplos do totalitarismo.

Conforme dito acima, a Alemanha nazista e a Itália fascista foram exemplos clássicos de Estados totalitários. Portanto, analisando esses dois Estados, chegamos a algumas conclusões: sabemos que o totalitarismo é uma forma de organização do Estado, em que o poder se concentra sob o domínio de uma elite aristocrata.

Em outras palavras, geralmente o poder se concentra organizado sob a forma de partido único, montado por um pequeno grupo de pessoas. A base que forma esse partido é a grande parcela da população (ou seja, as massas), porém o poder de decisão e de deliberação fica restrito somente aos dirigentes do partido.

No totalitarismo, alguns líderes do partido exercem funções nos altos escalões do governo; isso faz transparecer para a sociedade que o partido é o Estado. Esse fato entre a organização partidária e a administração do Estado somente se torna possível a partir do momento em que o pequeno grupo no poder acaba de forma coercitiva com as liberdades individuais e coletivas, instalando um regime de terror total contra a nação.

Portanto, o Estado totalitário é um Estado policial, governado pela violência física e psicológica. O Estado exerce uma vigilância constante e permanente sobre a vida da população. No totalitarismo, o Estado controla até a vida pessoal e familiar dos indivíduos, isto é, um caso extremo e radical de autoritarismo.

A principal característica do totalitarismo é a utilização permanente e assídua dos meios de comunicação (televisão, rádios) para difusão da ideologia do regime totalitário. As propagandas veiculadas pelo governo visavam enaltecer o governo e exaltar o líder totalitário.  No século XX, como já elucidado, os principais exemplos de Estados totalitários foram a Alemanha nazista, a Itália fascista e a Rússia stalinista.

Leandro Carvalho
Mestre em História

Avaliação

10.0

Participação: 1 Comentário

Avaliação:

Se você quer comentar também Clique aqui


    Escola Kids

    R7 Educação