Escola Kids

Caatinga

  • Atualmente 5/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Caatinga A vegetação da caatinga

A Caatinga é o único bioma totalmente brasileiro, isto é, o único domínio florestal que não divide espaço com nenhum outro país. Isso significa que algumas características regionais desse bioma não são encontradas em nenhum outro lugar do planeta.

Ocupa cerca de 10% do território brasileiro, com uma área de 844.400 km², estendendo-se pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e uma pequena porção ao norte de Minas Gerais.

A Caatinga está quase toda localizada na região Nordeste do país
A Caatinga está quase toda localizada na região Nordeste do país

Em função do clima semiárido da região onde se encontra, a vegetação da Caatinga costuma ser bastante seca, com espinho e pouquíssimas folhas. No entanto, quando ocorrem as chuvas, ela se transforma rapidamente, ganhando um aspecto diferenciado, com árvores cobertas de folhas e pequenas plantas forrando o chão.

A vegetação é formada por plantas adaptadas ao clima seco, em que ocorrem poucas chuvas. As principais espécies são o Mandacaru, o Xique-xique, a Aroeira e a Braúna. As únicas árvores que não perdem as suas folhas durante o intenso calor são o Juazeiro e alguns tipos de palmeiras, pois suas raízes conseguem encontrar água no subsolo.

A maior parte dos animais encontrados na região da caatinga é composta por répteis, a maioria cobras e lagartos. No total, existem aproximadamente 1.500 espécies distintas de animais catalogados, envolvendo aves, répteis, anfíbios, mamíferos e peixes.

Assim como os demais biomas brasileiros, boa parte da caatinga já foi desmatada, cerca de 46% de sua vegetação original. Os principais motivos para a sua acelerada devastação nos últimos anos foram a expansão da fronteira agrícola e, principalmente, a utilização de suas árvores para a produção de lenha.

Outro problema grave que atinge esse bioma é o processo de desertificação dos solos, que é causado pelo uso inadequado e intensivo dos solos, sobretudo pela produção agrícola dos grandes latifúndios.

Avanço do processo de desertificação
Avanço do processo de desertificação


Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

Avaliação

10.0

Participação: 1 Comentário

Avaliação:

Se você quer comentar também Clique aqui


    Escola Kids

    R7 Educação